Déficit comercial persiste no Brasil

deficit-comercial-persiste-no-brasil_site1_GB-MTO

Os embarques brasileiros de autopeças, para 174 mercados, totalizaram US$ 3,41 bilhões no acumulado de janeiro a junho, com crescimento de 5,9% sobre o registrado em igual período de 2016. As importações, vindas de 141 locais, subiram 10,3% e alcançaram o total de US$ 6,06 bilhões.

Com esses resultados, o déficit do País em autopeças aumentou 16,6% no período e chegou a US$ 2,65 bilhões, segundo informações do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços consolidadas pelo Sindipeças. A Argentina ocupa o primeiro lugar na lista de destinos de nossas exportações e os Estados Unidos, o topo no ranking de origem das importações.

Fonte: Sindipeças.